Doctor Who Return to Earth trailer

Doctor Who é atualmente a série de maior duração no mundo. Com mais de 50 anos e mais de 26 temporadas o seriado britânico é até hoje um dos maiores sucessos da BBC e amado por diversos artistas. Entretanto, na área de jogos, o seriado raramente conseguiu dar certo e com certeza, uma das piores tentativas foi na junção do canal de TV BBC e a Nintendo.

Em 2010 os dois aparelhos em alta da Big N ganharam jogos do seriado. Um para o Nintendo Wii com o nome Doctor Who Return to Earth; e outro para Nintendo DS Doctor Who Evacuation Earth. Os dois games desenvolvidos pela Asylum Entertainment e tendo como protagonistas os atores que entraram no seriado aquele ano. Matt Smith como 11º Doutor e Karen Gillan como Amy Pond, a nova parceira do alienígena de dois corações.

A grande questão é que a versão de Nintendo Wii teve possivelmente uma das piores avaliações do console. Segundo o Wikipedia por exemplo, na revista oficial da Nintendo na Inglaterra -um dos poucos lugares que o jogo foi lançado, já que oficialmente só chegou na INglaterra, Austrália e alguns locais da europa- ele recebeu 19 de 100 como nota.

Outros sites como o Digital Spy e o Den of Geek deram 1 de 5 enquanto o site de notícias do reino unido Metro deu 1 de 10 para o game. Todos apontando os mesmos problemas: Gráficos, mecânicas, trilha sonora e até performance ruins.

Eu tive a chance de comprar a versão original do game e jogar. Todos esses pontos estão lá. Nele o jogador controla o Doutor e Amy em momentos diferentes e tentam escapar de uma nave com os dois maiores inimigos do protagonista, os Dalleks e os Cyberman.

As mecânicas se entrelaçam entre puzzles e stealth e ainda tendo um gráfico terrível, o jogo funciona mal. Em diversos momentos é perceptível a queda de FPS tornando o jogo ainda mais problemático. Até a história, escrita por Oli Smith que já estava acostumado a escrever para Doctor Who é fraca e desinteressante. É um jogo terrível que segundo rumores tinha a crença da BBC e as mãos da Nintendo.

Meses antes do anúncio oficial, o The Sun, maior tabloide do Reino Unido, postou uma notícia sobre dois jogos de Doctor Who sendo feitos em uma parceria entre a Nintendo e a BBC. Segundo as fontes do site, a BBC estava monitorando o desenvolvimento de perto e o acordo entre as duas teria sido de 10 milhões de libras para a Nintendo. Valor que corresponde a um pouco mais de 14 milhões de dólares. 4 milhões a mais dos custos para produzir The Witcher 2, jogo lançado em 2011.

O game foi lançado dia 12 de novembro de 2010 junto com a versão de DS que teve notas um pouco melhores.  O anúncio oficial foi feito dia 24 de agosto do mesmo ano. 7 meses após os rumores do The Sun que afirmavam que o jogo estava ainda no início do desenvolvimento e era planejado para as vendas de natal.

No mesmo ano o seriado ganhou um adventure de 4 episódios que também recebeu notas baixas. Após essas tentativas da BBC em criar “advergames”(jogos de propaganda) para a série que estava entrando em uma reformulação total, Doctor Who só veio receber um novo jogo em 2012. Doctor Who The Eternity Clock foi lançado para PS3, PC e Vita mas também não teve boas notas.

Hoje não é possível saber quais foram os motivos para o game de Nintendo Wii ter tantos problemas. O tempo e até mesmo a falta de experiência do estúdio podem ser uma possibilidade, mas nada foi confirmado. A Asylum Entertainment foi um pequeno estúdio britânico focado em jogos de licenciatura, entre os seus games lançados estão um jogo de Teletubbies e outro do Bob, o construtor.

Ainda sim, a existência de Doctor Who Return to Earth trouxe um dos aparelhos mais inúteis e legais do Wii. Uma versão do Wii Remote na forma da Screwdriver do 11ª Doutor.

O canal da Official Nintendo Magazine fez uma análise em vídeo do controle e até ele não funciona muito bem. Segundo o jornalista, a forma do controle mesmo que visualmente legal para os fãs não é boa para jogar com o controle de lado e o local do botão Home facilitava que o jogador o pressionar sem querer.

De qualquer forma, Doctor Who Return to Earth será sempre um dos centenas de jogos esquecidos e pouco jogados do Nintendo Wii e mesmo que ele seja reconhecido por quem jogou como uma ofensa aos fãs a existência dele é no mínimo cômica. Um daqueles jogos tão ruins que criam curiosidade suficiente para  jogar e entender o quão problemático pode ser um jogo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *